You are currently browsing the tag archive for the ‘Imortalidade da alma.’ tag.

Ora, havia um homem entre os fariseus, chamado Nicodemos, senador dos judeus, – que foi à noite encontrar Jesus e lhe disse: Mestre, sabemos que viestes da parte de Deus para nos instruir como um doutor, porque ninguém poderia fazer os milagres que fazeis se Deus não estivesse com ele.

Jesus lhe respondeu : Em verdade, em verdade vos digo: Ninguém pode ver o reino de Deus  se não nascer de novo. Nicodemos lhe disse: Como pode nascer um homem que já está velho? Pode ele reentrar no ventre de sua mãe, para nascer uma segunda vez?

Jesus lhe respondeu: Em verdade, em verdade vos digo;  Se um homem não renascer  da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. – O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é Espírito. – Não vos espanteis do que eu vos disse, que é preciso que nasçais de novo. –  O Espírito sopra onde quer, e ouvis sua voz, mas não sabeis de onde ele vem, nem onde ele vai, ocorre o mesmo com todo homem que é nascido  do Espírito.

Nicodemos  lhe respondeu: Como isso pode se dar ? – Jesus lhe  disse: Que! sois em Israel , e ignoras essas coisas?  Em verdade, vos digo que não dizemos senão o que sabemos, e que não testemunhamos senão o que vimos, e entretanto vós não recebeis nosso testemunho . – Mas se não me credes  quando vos falo das coisas da Terra, como me crereis quando vos falar das coisas do céu? ( São João, 3; 1- 12)

O pensamento de que João Batista era Elias e que os profetas poderiam reviver sobre a terra, encontra-se em muitas passagens dos Evangelhos, notadamente  nas relatadas acima ( nº 1,2 e 3 ). Se essa crença tivesse sido um erro, Jesus não teria deixado de a combater, como combateu tantas outras, longe disso, ele a sancionou com toda sua autoridade, e a colocou como principio e como uma condição necessária quando disse:

Ninguém pode ver o reino dos céus se não nascer de novo, e insiste, ajuntando; Não vos espanteis do que eu vos disse, que é PRECISO que nasçais de novo. Estas palavras  ¨Se um homem não renasce da água e do Espírito¨,  foram interpretadas no sentido da regeneração pela água do batismo, mas o texto primitivo  trazia simplesmente: Não renasce da água e do Espírito, ao passo que, em certas traduções, a do Espírito se substituiu : do Santo Espírito , o que não responde mais ao mesmo pensamento.

Esse ponto capital ressalta dos primeiros comentários  feitos  sobre o Evangelho , assim como será    um dia constatado  sem equivoco possível.

Muita Paz

ESE – Boa Nova Editora

Anúncios

Quem não assistiu ¨ O Filme dos Espíritos¨não deveria perder a oportunidade. O filme aborda sob a luz do Espititismo temas como: perda de um ente querido, vicios, suicidio, caridade moral e material,comunicação entre encarnados e desencarnados, consolo, imortalidade da alma etc… Além da Divulgação da Doutrina Espírita através do estudo de ¨ O Livro dos Espíritos¨.

 O primeiro livro da Codificação Espírita que de uma maneira fácil e direta, responde as principais perguntas feita por Allan Kardec á Espiritualidade Superior. Um livro de perguntas e respostas , mas que exige um estudo apurado. E o filme apresenta vários conceitos de forma leve e de fácil compreensão.

O filme aborda duas vezes como podemos ajudar a irmão que sofre, que não entende o motivo das suas dores, apenas com um gesto de amor ao próximo.

Muita Paz 

Quando a morte ceifa em nossas famílias, pessoas jovens e que muito amamos, Quantos de nós, diante da dor diz: Deus não é justo! O sofrimento realmente é muito grande, mas não podemos medir a justiça de Deus pelo nosso sofrimento.

Será que podemos pensar que Deus nosso PAI queira, por um simples capricho, infligir-nos penas crueis. Deus,  nada faz sem uma finalidade, e tudo o que acontece tem a sua razão de ser.

A morte prematura é quase sempre  um grande benefício, que Deus concede  ao que se vai, sendo assim preservado  das misérias da vida, ou das seduções que poderiam arrastá-lo a perdição. Aquele que morre jovem  não é uma vítima da fatalidade, pois Deus julga que não lhe será útil permanecer maior tempo na terra. Dizemos que terrível desgraça!  Uma vida cheia de esperanças cortada tão cedo. Mais de que esperanças quereis falar? Essa nossa visão é a de quem não consegue elevar-se  acima da vida material. Sabíamos, qual seria a sorte  desse ente amado? Será que sua   vida, seria tão cheia de esperanças, e alegrias, segundo entendemos? E as esperanças da vida futura? Será que vale mais um lugar entre os homens,  que entre os espíritos bem -aventurados?

A espiritualidade superior nos diz para ficarmos alegres ao invés de chorármos, quando Deus decide tirar um dos nossos filhos  desse vale de misérias. Sabemos que é difícil controlar o sofrimento,  mas quem tem fé sabe que essa separação,   NÃO,  é eterna.  Os pais devem saber que seus filhos  estão bem perto e os protegem.  A saudade e a lembrança carinhosa os enche de felicidades, mas sua dor, seu pranto constante e lamentações os fazem sofrer, pois percebem que seus pais não tem fé em Deus.

Deus dará a consolação, a esses pais.   Sabemos  que a morte não existe!  Que um dia todos estarão juntos outra vez , as lágrimas secarão, e a certeza do amor de Deus nascerá de novo em vossos corações.

Muita Paz

Espíritas amai-vos; espíritas instrui-vos.
Dezembro 2017
S T Q Q S S D
« Maio    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 39 outros seguidores