You are currently browsing the tag archive for the ‘Aprendizado.’ tag.

 O Espiritismo nos ensina que existe uma interação muito profunda entre o espírito (mente) e o corpo físico. Este é também o parecer de muitos estudiosos da ciência médica, que chegaram a esta conclusão após várias pesquisas.

Situando doenças e doentes desta verdade, vamos entender porque as pessoas têm reações diferentes quando acometidas por doenças.
Doentes e doenças são questões idênticas na base, mas com reflexo diferenciados. É impossível separar o físico do espírito, pois, se o físico é a máquina corporal que se movimenta, somente consegue existir porque recebe os impulsos e a energia que o espírito lhe oferece.

Quando pensamos, criamos mentalmente de acordo com a nossa mente. Isto equivale a dizer que as construções mentais serão benignas ou malignas, dependendo do nosso estado emocional no momento. Sendo assim, vivemos em função daquilo que pensamos, mas, raramente nos damos conta dos reflexos que os pensamentos têm sobre nós mesmo.

A qualidade dos nossos pensamentos influencia o nosso organismo físico, e devido a este mecanismo, estabelecemos o bem-estar e a saúde se estivermos em sintonia com o equilíbrio emocional; ou podemos contrair alguma doença se estivermos desenvolvendo pensamentos negativos capazes de atingir a estrutura física do nosso corpo.

O nosso comportamento como um todo, é responsável pela maioria das doenças que nos atingem. O espírito em desarmonia, emite energia também desarmônica que acaba influenciando o corpo físico, permitindo o desequilíbrio das células ou então, deixando de oferecer resistência às invasões bacterianas.

Instaladas a doença, esta irá se desenvolver, entre outros fatores, de acordo com a postura mental do paciente. Está confirmado que, se o doente movimentar suas energias de forma positiva, e com esperança, enfrentando o problema como sendo um acontecimento que faz parte das ocorrências terrenas, terá maiores possibilidades de chegar à cura.

Doentes sofrendo do mesmo mal, podem apresentar comportamentos totalmente diferentes que chegam a influencia o estado geral da pessoa.
Viver o momento da doença sem revolta, sempre na esperança de melhores, ajuda na renovação das células doentes e do bem-estar geral. Além do que, também impedem que a pessoa se comprometa para o futuro em vistas dos dias difíceis que atravessa.
No período da doença devemos adotar um comportamento de confiança e fé, e com isto permitimos que nos chegue a ajuda do Alto através dos benfeitores espiritual, que nos envolvem em vibrações elevadas.

Não podemos esquecer que os males físicos ainda fazem parte do Planeta Terra e não devem ser entendidos com castigo. São decorrências naturais do nosso próprio viver de ontem ou de hoje.

Muita Paz

Sabemos que a responsabilidade que foi colocada nos ombros dos cristãos e dos espíritas é muito grande. Temos a tarefa de ajudar aos que ainda não conhecem a verdade, é  o que o mundo espiritual e Jesus espera de cada um de nós. A criatura, precisa entender a realidade inevitável da reencarnação.

 

Jesus Cristo com toda certeza previu as dificuldades que íriamos encontrar, todas as idéias novas são difícieis de serem aceitas de imediato e com o Espiritismo não poderia ser de outra forma, porque os fenômenos espíritas são tão antigos quanto à criatura humana.

Para nós espíritas foi reservada  a tarefa de clarear a essência desta doutrina esclarecedora e consoladaora, as civilizações antigas tiveram conhecimento do fenõmeno. Mas a explicação científica só com a terceira revelção pode ser explicada. A responabilidade da Codificação e  pela divulgação correta da Doutrina Espirita,  está em nossas mãos . Mostrar a luz da verdade, e os ensinamentos do nosso irmão irmão maior  que estão pouco a pouco sendo  implantada nos nossos corações.

Nossa missão é de  mostrar a transformação  que opera dentro dos nossos corações com o conhecimento da verdade. É isso que Jesus espera de nós.  Que cada criatura prepare o seu coração para receber as sementes de amor caridade e perdão, e entendimento do Cristianismo

Muita Paz.

O dirigente de uma casa Espírita deve dar o exemplo para os demais participantes. Em princípio ele será dirigente  apenas por algum tempo,  logo será substituido, e a sua maneira de trabalhar influenciará os que lhe sucederão. Nas Casas Espíritas   várias pessoas atuam  na busca  do  mesmo objetivo, que é a busca da verdade e a ajuda ao seu próximo. E quando forma um grupo  há necessidade  de  um dirigente.

É importante que os dirigentes estimulem o grupo para que as atividades da casa, para que estas  se realizem dentro de um clima de harmonia e ordem, além de conhecer a doutrina o dirigente precisa ter a mesma conduta dentro e fora da instituição. U ma das virtudes importante para este cargo é saber ouvir os seus companheiros de trabalho.  

¨O Evangelho manual do dirigente ¨

Sem a intenção de ensinar o que ainda está aprendendo o dirigente deve ser democrático sem ser permissivo, sincero sem ferir os sentimentos alheios, conviver com as diferenças e aprender a aceitar críticas sem ficar ofendido. Em Mateus  Capítulo 20 Vv. 20 a 28, Jesus ensina que a liderança é não querer ser o maior, mas servo dos demais.

O dirigente Espírita deve aproveitar o seu tempo de liderança para ensinar o que sabe,  e humildade para  aprender o que ainda não sabe, pois a vida aqui no nosso planeta de provas e expiações é um grande aprendizado, e quando  estão  juntos com a mesma intenção, todos tem algo a ensinar uns aos outros .

Muita Paz 

Olá Pessoal

Estou Participando de uma Caravna espírita pelas cidades de Uberaba, Araxá e Sacramento.

Quando Chegar em Londrina, contarei com mais detalhes, tudo que aprendi e vivenciei neste feriado da Páscoa.

Espíritas amai-vos; espíritas instrui-vos.
Agosto 2017
S T Q Q S S D
« Maio    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 39 outros seguidores