You are currently browsing the monthly archive for Setembro 2013.

O tempo para os espíritos encarnados varia dependendo da situação em que está vivendo, para um presidiário com certeza os dias são longos mas, para alguém que tem atividades que lhe dão prazer os dias passam muito rápido. Para os desencarnados a percepção é diferenciada, mas, ainda assim vai depender do estado evolutivo do desencarnado.

o-pensamento-a-voar

Porém depois da desencarnação a sensação do Espírito ainda em confusão  é que os anos terrenos ainda passam rápido, eles não conseguem sentir o tempo passar.  Espíritos que já desencarnaram  muitos anos, podem referir-se aos últimos acontecimentos como ocorridos em   apenas algumas horas.A duração da confusão do Espírito desencarnado pode durar algumas horas, alguns dias, alguns meses ou mesmo muitos anos, sempre dependendo da sua evolução espiritual.

Dependendo da situação que o levou ao desencarne, aniquila temporariamente a sua compreensão e no caso perde a percepção do tempo, Essa situação nos leva a entender que logo após a morte a sensação do desencarnado é bem parecida com a do encarnado.  Já para o espírito livre da pertubação o tempo é totalmente diferente da terra sendo bem mais rápido, percebemos essa diferença durante os nossos sonhos.

Apenas em apenas uma hora de sono, vivenciamos sonhos que precisariam muito tempo físico para acontecer, Na realidade o tempo físico é o mesmo depende da percepção da situação do Espirito.

Muita Paz

Anúncios

Muitos não querem associar as mortes coletivas a resgates por débitos em vidas passadas, preferem acreditar simplesmente em uma fatalidade. Mas infelizmente não é assim, a Doutrina Espírita não promove uma reunião de devedores do passado para que haja um castigo coletivo. Não é assim. A Espiritualidade superior ampara aqueles que aceitaram na sua programação reencarnatória a participar do desencarne com outros irmãos.

OBRAS_BASICAS_DE_ALLAN_KARDEC

Entendo a lei do Universo não podemos acreditar  um mera casualidade, pois várias pessoas que deveriam estar naquele local por vários motivos não comparecem . Nas obras  ¨ Mecanismo da Mediunidade ¨ e  ¨Evolução em dois Mundos ¨, ambas psicografadas por Francisco Cândido Xavier, encontramos algumas explicações para estes acontecimentos.

Tais como o incêndio no circo em Niterói, Chico recebeu mensagens   que também  em um circo romano aquelas pessoas participaram do acontecimento. As leis de ¨causa e efeito ¨Ação e reação ¨, proporcionam probabilidades de sermos atraídos  em determinados eventos, sendo fatais para alguns. A ideia de um Deus antropomórfico, cheio de emoções  não é aceita pela Doutrina Espírita.

Deus é amoroso, bom e justo e aceita as nossas decisões através do nosso livre arbítrio, e partir daí traçamos a nossa programação. E os Espíritos superiores nos ajudam  a realizar o que decidimos para que possamos alcançar a nossa evolução espiritual. Deus não penaliza, nós aceitamos  a passar por nossas provas e expiações neste nossa planeta abençoado

Muita Paz

Trecho de um poema extraído da  ¨Revista Espírita¨1859.

Mensagem recebido pelo Sr, Porry de Marselha

foi-deus

Oh! Deus que a raça humana o busca sem cessar,

Deus, que não conhecendo, o temos que adorar,

Dos seres todos é um só principio e fim:

Mas para o alcançar, qual o caminho, enfim?

Não é pela ciência, efêmera miragem

Que nos fascina o olhar com fulgurante imagem,

E que frustrando sempre um incapaz querer,

Desfaz-se sob a mão que o julgava deter!

Sábios, acumulais escombros sobre escombros

E tais sistemas vãos não vão além de assombros!

Este Deus que ninguém pode ver sem morrer,

Cuja essência um terrível poder,

Mas sabe aos filhos seus nutrir de terno amor,

Só o podes compreender lhe igualando em dulçor!

Ah! para ele se unir e reencontrá-lo um dia,

Amai os vossos inimigos; fazei o bem àqueles que vos odeiam e orai por aqueles que vos perseguem e vos caluniam; – porque se não amais senão aqueles que vos amam, que recompensa com isso tereis? Os publicanos não o fazem também? – E se vós não saudardes senão vossos irmãos, que fazeis nisso mais que os outros? Os pagãos não o fazem também? – Sede, pois, vós outros, perfeitos, como vosso Pai celeste é perfeito. ( Marcos 5:44, 46-48).

JESUS_DISCIPULOS

Perfeição absoluta realmente não poderemos alcançar pois só o Criador é perfeito e jamais poderemos ser igual a Deus. Mas a proposta das palavras de Jesus Cristo,  é nos esforçarmos para entendermos o modelo de perfeição.  Chegarmos perto  da perfeição do Pai, é entender a essência dessa  virtude. Jesus na sua sabedoria,  nos apresentou um modelo de perfeição para que pudéssemos nos esforçar  a chegar o mais perto possível.

A humanidade pode encontrar a perfeição relativa, entendendo e praticando os ensinamentos do nosso Mestre Jesus amando o nosso próximo e não fazendo a ninguém aquilo que não gostaríamos que nos fizessem. Para nosso melhor entendimento  Jesus nos ensinou que a essência da perfeição é a caridade, pois ela abrange todas as outras virtudes.

O amor ao próximo sendo levado até o amor aos nossos inimigos, não podendo se aliar com nenhum  defeito à caridade  é o maior indicio de superioridade moral  onde resulta nos aproximarmos da perfeição.

Muita Paz

Espíritas amai-vos; espíritas instrui-vos.
Setembro 2013
S T Q Q S S D
« Ago   Out »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 39 outros seguidores