A maioria dos encarnados temem o dia sua desencarnação. Assim também se comportam os desencarnados quando sabem que precisarão um dia reencarnar. Sabemos através dos espíritos superiores que a fila para a reencarnação anda muito grande. Muita gente não quer ter mais de dois filhos, antigamente ter apenas um filho não era muito normal, hoje o filho único é a solução para muitos casais.

Com a entrada da maioria das mulheres no mercado de trabalho, basta apenas um filho.  Richard Simonetti, conta uma história de  um casal que trouxe do plano espiritual  o compromisso de receber seis espíritos  como filhos naquela existência. Quando o primeiro nasceu veio  com uma grave limitação mental.

O segundo  embora normal dava muito trabalho para os pais, o terceiro  veio uma menina, e o casal não teve dúvidas: optaram pela esterilização  da mulher, a família estava formada. Ocorre que os três espírito que continuaram no plano espiritual, não ficaram nada satisfeitos.

Um deles era um inimigo que deveria vir para que pudessem se acertar e neste caso, aumentou sua raiva e  transformou-se em um obsessor, o segundo foi vítima de caprichos e passou a conviver no ambiente trazendo bastante problemas e o terceiro espírito que não conseguiu encarnar era um espírito que os ajudaria o casal a suportar suas provas, este afastou-se sem nenhuma mágoa.

O casal  que julgava agir certo quanto ao número de filhos,evangelhonolar10  conseguiu  uma situação problemática   para suas vidas. É claro que não sabemos qual foi a nossa programação em relação ao número de filhos, pois o véu do esquecimento não nos permite saber.  Usemos nosso livre arbítrio e  tenhamos tantos filhos quanto as nossas condições de educá-los e conduzi-los nos caminhos do amor.

Cuidemos dos filhos que temos com muito desvelo e ajudemos outras crianças na medida do possível lembrando das palavras de Paulo, quando nos disse que  ¨O amor cobre uma multidão de pecados ¨

Muita paz