A divergência de opinião em relação ao Espiritismo origina-se  dos diferentes aspectos  sob os quais é considerado. É compreensível que o homem ainda elabore  teorias contrárias,  que realmente não acreditem nas comunicações entre encarnados e desencarnados. Nós Espíritas entendemos que os espíritos por  pertencerem a várias ordens de evolução podem atrapalhar a crença na comunicação.

Existem Espíritos  bons e maus, assim como nós que estamos encarnados. Muitas pessoas esperam que os desencarnados saibam de tudo e que a sua função é ajudar materialmente os encarnados, isto é, se forem bons. Se forem maus vão nos perturbar nos fazendo sofrer e os bons espíritos tem a obrigação de afastá-los para nos proteger.

escala_espirita

Essas idéias seriam diferentes  se conhecessem a Doutrina Espírita, deixariam de sonhar que a espiritualidade está a nossa disposição, sempre tomando conta de nós e salvando-nos, sem que seja preciso nenhum esforço para a nossa mudança interior, não esqueçamos que os espíritos são as mesmas pessoas que viveram aqui na terra, e muitos nós, os conhecemos antes de morrerem, nossos familiares e amigos.

A escala Espírita nos mostra que há espíritos mentirosos, hipócritas, levianos mas há também espíritos sérios, benevolentes e que dependendo dos nossos pensamentos e  nossas ações, indicam a natureza atual da nossa faixa vibratória pois,   atraímos  para perto de nós, aqueles que nos são simpáticos, sendo bons ou maus.   Existem espíritos que realmente não sabem nada e se divertem nos fazendo de tolos, pois são incapazes de nos fornecer qualquer ensinamento da lei de Deus.

Muita Paz

Advertisements