You are currently browsing the monthly archive for Março 2013.

imagens-imagens-espiritas-587229Cristão e Judeus  comemoram a Páscoa mais ou menos na mesma época.  Este ano coincidiu na mesma semana, Com significados diferentes  mas os Cristãos e Judeus celebram a Páscoa dentro da sua fé.  Os judeus celebram a páscoa lembrando a liberdade do povo hebreu que finalmente ficaram livres da escravidão no Egito em busca da Terra Prometida sendo liderados por Moisés.

E os Cristãos comemoram a páscoa, lembrando  a crucificação e morte de Jesus Cristo e logo ao terceiro dia a vitória da sua ressurreição. Na noite em que foi preso, Cristo estava justamente festejando  – a Páscoa judaica – no que os cristãos chamam de a última ceia.

Na festa judia  as refeições são chamadas de¨ seder ¨são  comemoradas com pratos típicos, bolinhos de peixe, pão ázimo com farinha  sem fermento, que são preparados  nas vésperas das comemorações que duram sete dias.  Para os judeus a palavra páscoa significa passagem, que simboliza a passagem do povo hebreu que viveu uma escravidão prolongada para a liberdade, podendo assim iniciar uma nova vida

Para os católicos,  o fato de Jesus Cristo ser morto e depois ressuscitar   explica  como surgiu a comemoração da Páscoa Cristã.  “Para os católicos, tem um sentido milagroso, pois a passagem de Jesus pela morte durou apenas três dias.

Os católicos iniciam o período da semana santa após o carnaval, que é chamada de quaresma terminando com a última semana que se inicia com o domingo de ramos e terminando  no domingo de páscoa.  Nas igrejas católicas a semana santa é comemorada com rituais religiosos e seus adeptos com  festas familiares. No domingo a comemoração tradicional  é a distribuição de ovos de chocolates  para simbolizar a vida.

O ponto culminante é a Vigília Pascal, na noite de sábado para domingo, quando se revive a ressurreição. “Os ovos de chocolate, que simbolizam uma nova vida, surgiram também para ajudar as crianças a entender o significado da ressurreição”..

A celebração da missa no domingo, acontece  a cerimônia do lava-pés, que lembra o gesto de humildade de Cristo, lavando os pés de seus 12 discípulos também na noite da Páscoa judaica. Na Sexta-feira Santa não se organizam missas na Igreja Católica.

Para o Espiritismo não há comemorações da Páscoa, Mas respeitamos a fé dos nossos irmãos de outras religiões. Jesus Cristo, nosso irmão maior esteve e estará sempre entre nós, pois Jesus continua vivo mesmo após a morte do seu corpo. Embora sejamos Cristãos não participamos das comemorações. Pois a finalidade principal do Espitritismo é conhecer, entender e vivenciar os ensinamentos de Jesus Cristo.

Muita Paz

Cada um de nós chega ao Espiritismo por vários caminhos, uns nascem em lares espírita e desde cedo tem contato com a doutrina, outros conhecem o espiritismo porque vão buscar respostas para suas dúvidas que não encontram em outros segmentos religiosos, outros ainda chegam pelo sofrimento.

OBRAS_BASICAS_DE_ALLAN_KARDEC

Não há no mundo quem passe pelo¨ Mundo de Provas e expiações ¨ sem algum sofrimento, e o espiritismo é o bálsamo que nos ajuda a entender e superar nossos problemas, o vazio da alma, as doenças do corpo material as diferenças que observamos entre os seres humanos.

Só mesmo o conhecimento da doutrina através das palestras realizadas nas casas, o estudo contínuo da literatura espírita nos dará o entendimento do porque do nosso sofrimento, encontramos a resposta para perguntas como: De onde vim? o que estou fazendo aqui? Para onde vou?

Não lembramos das nossas vidas passadas para justificarmos as nossas dificuldes atuais, só com o entendimento da lei de Causa e efeito podemos aceitar com naturalidade as nossas provas e expiações. Com toda certeza hoje somos melhores do que fomos no passado.

Para sermos espíritas de verdade precisamos conhecer, entender e tentar vivenciar os ensinamenos do nosso Mestre Jesus, só através do amor, do Perdão e  da caridade é que poderemos crescer a cada nova reencarnação. É importante  agradecermos ao Pai, a oportunidade dessa reencarnação para evoluirmos nesse planeta que é a nossa grande escola.

Muita Paz

Vivemos em um tempo em que as criaturas humanas poucos amigos tem, e quando tem não querem expor suas dúvidas, suas tristezas e muito menos contar os seus segredos com medo de serem julgados. Em muitas cidades existe o CVV ( Centro de valorização da vida) um trabalho de utilidade pública e fraternal em que as pessoas através do telefone podem falar das suas angustias e das suas tristezas sem serem criticados.

Hoje muitas casas Espíritas fazem o trabalho de ouvir um irmão seja para falar das suas angustias ou mesmo desabafar um segredo que  oprime o oração, sem medo de ser julgado, sendo recebido com empatia e grande amor fraterno. Pessoas que sentem-se não entendidas pelos seus familiares que necessitam atenção e serem respeitadas como são, sabendo que seus segredos jamais serão revelados.

 

¨Casa Espírita ¨

¨Casa Espírita ¨

Os irmãos que procuram a Casa Espírita para um atendimento fraterno, não serão investigados qual sua religião sua classe social ou cultural, apenas é um ser humano que quer desabafar suas tristezas. O atendente espírita não dará conselhos de como cada um deve agir, pois sabe  que cada um tem o seu livre arbítrio, apenas o consolo através dos ensinamentos do nosso Mestre  Jesus.

¨Façamos ao nosso semelhante aquilo que gostaríamos que nos fizessem¨ Palavras de Jesus Cristo

Muita Paz 

images¨O suícidio nada resolve, pois se somos imortais, continuando a viver após a morte do corpo material, iremos nos perceber vivos no mundo espiritual com os mesmos problemas, agora agravados com o ato que praticamos contra a vida, que, na verdade,  não nos pertence, esse corpo que nos foi emprestado por Deus nosso Pai. ¨

Vários são os motivos que levam uma criatura a tentar  o suícidio ou mesmo atingir o ato desejado, perda de um ente querido através da morte, abandono de alguém que amamos e acreditamos não suportar a vida  sem essa pessoa, situação financeira que parece não ter solução ou mesmo medo da morte, caso esteja com uma doença incurável.

Todos nós um dia mudaremos do plano material para o plano espiritual, isso é uma lei da natureza, mas a morte não é o fim de tudo não encerra o nosso sofrimento após um suícidio. O espiritismo nos ensina que não temos o direito de destruir esse corpo que Deus nos deu para passarmos alguns anos aqui na terra para que possamos evoluir.

Quando o medo ou o desespero bater em nosso coração busquemos a Jesus, nosso irmão maior que responderá o nosso pedido de socorro através das nossas orações. A oração é o bálsamo consolador para todos os nossos tormentos, Ele sempre estará ao nosso lado para nos ajudar as dificuldades das nossas provas e dos nossos resgastes.

Se a dor é grande se o sofrimento é inevitável tenhamos fé e coragem pois amanhã será um novo dia e provavelmente teremos mais forças para lutar.  Oremos:

Dai-me Senhor

–Serenidade para aceitar o que não pode ser mudado;

– Coragem para mudar o que pode ser mudado;

– Compreensão para entender as diferenças;

Muita Paz

Quando imaginamos um irmão sofredor a primeira imagem que nos vem à mente é uma pessoa frágil, doente, solitária e que aceitaria ouvir uma palavra de consolação um estímulo para superar o seu sofrimento. Mas na verdade encontramos pessoas sofredoras que tem muita revolta dentro do seu coração.

Essas pessoas   são doentes da alma, esquecendo-se que provavelmente participaram da sua programação reencarnatória e agora sentem o fardo  muito pesado. Sentem-se fracassados e abandonados pela sorte. Muitos culpam Deus, o destino porém alguns buscam um culpado para sua infelicidade, as vezes escolhendo alguém do seu relacionamento um parente ou um amigo.

Perdoar sempre

A inveja corrói sua alma e a pergunta constante é: Por que ele tem tudo que eu gostaria de ter? E não conseguem disfarçar a revolta, a mágoa de não possuir o que o outro  temi. Normalmente quando é conhecido o movimento,  a vítima tende a afastar-se, pois ela também não sabe porque conseguiu o que aquele irmão gostaria de possuir.

Família, alegria, religiosidade, coragem para enfrentar as suas fraquesas, seus medos. Todos sofrem,  mas não ficam parados lamentando e desenvolvendo um ódio por aquele que considera mais feliz. Meus irmãos as aversões em família existem em  um número maior daquele  que imaginamos.  Ninguém é totalmente feliz apenas cada um deve   enfrentar as dificuldades com otimismo, com luta   e não  responsabilizarquem está à  sua volta, ssofrendo com tanta revolta.

Não podemos dizer que essa pessoa é ruim, muito pelo contrário é um espírito sofredor, que está abandonando a chance de aprender  o que a terra,  essa escola da vida tem para nos ensinar,   buscar momentos de alegria junto de quem deveria amar. Na verdade  não há vítima nem agressor a posição pode está nessa reencarnação, apenas invertida.

O que tiver mais conhecimento da lei de Deus, precisa entender o sofrimento do outro e orar para que  este seja amparado por seus protetores. Deixando também a porta aberta para receber esse irmão caso queira se aproximar  para que não leve para outras reencarnações essa aversão . Daí as palavras de Jesus: ¨ Reconcilia-te com o teu adversário enquanto estais a caminho, nesta terra abençoada ¨.

Muita Paz

Boa vontade descobre trabalho.

Trabalho opera renovação.

Renovação encontra o bem.

O bem revela o espírito de serviço.

O espírito de serviço alcança a compreensão.

A compreensão ganha humildade.

A humildade conquista o amor.

O amor gera a renuncia.

A renuncia atinge a luz.

A luz realiza o aprimoramento próprio.

O aprimoramento próprio santifica o homem.

O homem santificado converte o mundo para Deus.

Caminhando prudentemente, pela simples boa vontade a criatura alcançará o Divino Reino da Luz.

Livro ¨Pão Nosso ¨- Emmanuel

O amor ao próximo incluindo os inimigos é o verdadeiro principio da caridade é a principal virtude que nos leva a evolução espiritual. Porém nosso Mestre Jesus entendeu que nós na nossa atual condição, ainda não temos condições de sentir pelo inimigo a mesma ternura que sentimos pelos amigos, pois a ternura traduz confiança e não temos condições de confiar em quem nos fez o mal.

Perdoar sempre

Entre pessoas que não confiam umas nas outras não pode haver total confiança, sentimos simpatia e afeto ao lado  das pessoas que amamos. Essa é uma lei natural de atração e repulsão dos fluidos. os pensamentos negativos atingem com facilidade quem não se sente bem perto de um desafeto.

Ao passo que a proximidade dos amigos produz vibrações positivas, bons fluidos. Amar os inimigos significa, nãos lhes desejar e nem fazer o mal, a orar por eles, vibrar pelo seu sucesso, e se caso algum dia precisarem   do nosso auxílio ajudar aquele irmão necesitado, sem hesitar. Agindo dessa maneira estamos exercitando o amor pelos nossos inimigos e evitando   acumular ódios para as próximas existências.

Muita Paz

 

 

 

 

 

Espíritas amai-vos; espíritas instrui-vos.
Março 2013
S T Q Q S S D
« Fev   Abr »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 39 outros seguidores