É lógico que na nossa atual evolução mão temos condições de compreender as leis de Deus, no entanto temos certeza da sua existência, da sua justiça e do seu amor por todas as criaturas.

Muitos de nós gostaríamos de lembrarmos de nossas vidas passadas, quem fomos, o que fizemos, até para e entender o nosso sofrimento e as nossas dificuldades. Sabemos que estamos em um planeta de provas e expiações e se estamos aqui com toda certeza estamos resgatando delitos passados.

Finados - 2

Mas será que se lembrassemos do passado não seria mais fácil de aceitar os nossos sofrimentos e perdoar aqueles que nos fizeram mal?

Quando cometemos um delito na nossa atual reencarnação, normalmente sofremos as consequencias e  se o erro for grave, podemos até ser punidos pela justiça. Claro que podemos até nos arrepender independente de acontecer uma  punição. Mas quantas criaturas ficam revoltadas diante da punição que sofreram, independente do erro que cometeram.

Deus na sua sabedoria lança o véu do esquecimento a cada nova reencarnação, pois não suportaríamos a convivência com quem nos fez mal. Como seria conviver com alguém que precisamos perdoar? ou que precisamos ser perdoados?

Precisamos renascer ao lado de muitos dos nossos desafetos do passado, pois com a conviência pode nascer o amor e acontecer o reconciliamento com os nossos adversários. Com certeza ficará mais fácil. Ainda com o véu do esquecimento quantas vezes  não conseguimos amar a pessoas que vieram para que pudessemos nos reconciliar. E precisamos repetir a reencarnação para uma  nova oportunidade.

De uma certa forma temos algumas intuições de como vivemos no passado, pela nossa condição de vida, pelas pessoas que vivem ao nosso lado, pelas nossas tendências e gostos, temos uma vaga percepeção dos nossos defeitos e dos nossos desafetos.  Nada acontece por acaso!

Confiemos nas leis de Deus, Ele é Perfeito, Justo e Amoroso.  Sabe realmente o que é melhor para cada um de nós alcançarmos a evolução espiritual. E nos dá tantas oportunidades quanto precisarmos para chegarmos á plenitude.

Muita Paz

Anúncios