Justificamos a antipatia que sentimos por alguns parentes, alegando  que são decorrentes de inimizades adquiridas em vidas passadas e que não conseguimos resolver. Porém normalmente,  nada fazemos além de justificar o que sentimos. E permitimos que os nossos lares se transformem em campo de batalha.

Importante lembrar que não  estamos reunidos sem  uma finalidade, é a oportunidade que temos para solucionar sofrimentos e  mágoas passadas,  é a chance que temos para a nossa evolução espiritual.  Não vamos nos culpar pelo passado, nem assumir o papel de vítimas.  As situações do passado existiram, mas se conseguirmos comprendê-las,  poderemos trabalhar para  nos reconciliarmos com nossos adversários do passado.

Entender o que acontece com os nossos relacionamentos difíceis é uma dádiva , pois podemos trabalhar pelas mudanças e parar de  jogar a responsabilidade nas reeencarnações passadas. Para que possamos nos reconciliar com os nossos adversários vamos trabalhar para aproveitar a oportunidade que a espiritualidade superior nos deu  para crescermos e renovarmos  os nossos pensamentos e atos.

Muita Paz