You are currently browsing the monthly archive for Outubro 2012.

Para viver feliz  segundo as necessidades da humanidade é fundamental viver com naturalidade, isto é,  participar da sociedade, todos temos um dom, e o mundo em que vivemos precisa da nossa coloaboração como nós precisamos dos que estão à nossa volta.

 

Contribuir com a comunidade em que vivemos, é ajudar a evolução da humanidade, podemos usar os nossos talentos para ajudar o próximo através de um intercâmbio na relação com as pessoas, não podemos viver isolados sem usar os nossos talentos e sem aprender com os outros.

Todos somos convocados a agir socialmente. Jesus Cristo se integrava socialmente na sua comunidade, participava de festas de casamento, fazia visitas, fazia refeições com várias criaturas, percorria cidades. Não podemos fechar a nossa porta e evitar o contato com o nosso semelhante, alegando que não tem paciência com as pessoas que pensam e vivem diferente de nós.  Precisamos viver com naturalidade, aceitando o nosso próximo do jeito que ele é. E não como gostaríamos que fossem.

Muita Paz 

Anúncios

¨ Não é o que entra na boca que enlameia o homem, mas o que sai da boca do homem ¨ , advertiu Jesus.  A  liberdade de pensar e agir é um dos direitos  mais sagrados do homem é o direito do uso do nosso livre arbítrio. Desde que não façamos ao outro aquilo que não queremos para nós,  nunca deveremos abrir mão da liberdade que  nos foi  concedida por Deus.

Maneira rígidas de vestir, comportamentos preconceituosos, atitudes temerosas em virtude da própria religião, são comportamentos que demonstram ausência de bom senso. O que é imoral ou moral é relativo ao costumes de cada um.

A moral exaltada por Deus, refere-se principalmente ao não julgamento do seu semelhante. Cada alma tem a sua própria história, somos totalmente individalizados pois, viemos de várias experiência ao longo da nossa jornada evolutiva.

Analisemos com discernimento: a que moral estamos nos prendendo? as terrenas ou as leis eternas que realmente só compete o julgamento das leis divinas?

Muita Paz

Perante o universo a Terra pode ser comparada a um pequenino grão de areia, cercada de incontáveis mundos iguais a ela. E esse pequenino planeta é o lar que nos acolhe nesse momento, o Planeta Terra é de uma rara beleza, e envolve   todos nós encarnados e desencarnados. Espíritos  que no momento habitam e  que aqui estamos aconchegados em busca do nosso deenvolvimento espiritual.

Muitos afirmam que a terra é um lugar de sofrimento e que ninguém pode encontrar aqui a  felicidade. A terra não é um lugar de sofrimento nem de felicidade constante, a Terra é a nossa escola, um belo lugar onde viemos aprender a ser felizes, tudo é perfeito os homens, os animais as florestas, tudo está integrado para o seu desenvolvimento e dos seres que nele habitam.

Todos nós somos natureza, somos espíritos que voltamos várias vezes a esse planeta sempre com missão de ajudar no seu desenvolvimento, para  ajudar o próximo, para trazer os ensinamenros do nosso Mestre Jesus.  sempre buscando o aprendizado,  o crescimento moral e intelectual. 

Amemos esse planeta que nos acolhe e nos dá a oportunidade de crescimento, somos todos necessários uns aos outros, sendo assim procuremos respeitar essa casa que nos acolhe e todos os nossos semelhantes que estão ao nosso lado nessa jornada evolutiva, lembrando das palavras de Jesus quando nos disse: ¨Não façais ao nosso semelhante,  aquilo que não gostaríamos que nos fizessem ¨  

Muita Paz

Quantos  de nós conhcemos nossos erros, nossas fraquezas e ainda assim, não conseguimos reagir. Sabemos que somos criticados pelos que estão à nossa volta e continuamos estagnados! Esses irmãos também em sofrimento não conseguem entender as dificuldades dos mais fracos.  Somente através da prece poderemos vencer as barreiras do medo e da estagnação.

Quantos de nós temos dificuldades de entender e aceitar as leis de Deus com serenidade e sabedoria, curvando as nossas cabeças diante das dificuldades da vida. Vivemos em mundo de provas e expiações onde Deus nosso Pai atende a muitos dos nossos pedidos, porém os fatos que fazem parte das leis divinas, ele não atende.

 Fatos que são necessários para o nosso desenvolvimento espiritual, e que não podem ser modíficados, mesmo através do uso  do nosso livre arbítrio. É importante buscarmos na prece a aceitação e a resignação,  pois fazem parte dos desígnos de Deus para nossa evolução espiritual.

Há fatos que não podemos modificar como: a finitude das nossas existências, doenças e perdas de entes queridos, são fatos que fazem parte da evolução do Espírito. O Espiritismo essa doutrina consoladora nos dá o alento necessário para superarmos as nossas dificuldades. ¨  Pois o Pai não nos dá um fardo maior,  do que aquele que  podemos suportar¨  Na certeza que dias melhores virão e que poderemos sim, com a ajuda dos ensinamentos do nosso Mestre Jesus superaremos o sofrimento.

Muita Paz

Aceitar a nossa realidade significa encontrar a  paz espiritual, lucidez mental  e equilibrio. Principalmente aceitar aquilo que não pode ser mudado. Só modificamos  aquilo que realmente enxergamos em nós mesmo. O que não podemos é tentar mudar as pessoas que etão à nossa volta, quantas  vezes sonhamosem  mudar  o nosso próximo. Esquecendo que não podemos modificar o livre arbtrio do nosso semelhante.

A atitude de aceitação com os fatos que não podem ser mudados, é caracteristicas do sere sereno e equilibrado, pois a aceitação é um ato de respeito conosco e com o nosso próximo. Quando não aceitamos nossas dificuldades ficamos sempre em uma atitude defensiva e reagindo ao acontecimentos da vida.

Quando negamos a nossa realidade significa que não queremos enxergar. Esse mecanismo de defesa apenas serve para impedir o nosso crescimento . Auto aceitação é aceitar o que somos e como somos, isso não significa estagnação. Quando nos aceitamos  acaba a nossa briga interior e  passamos a nos conhcer melhor, e nesse momento  começamos ter condições de mudar.

Aceitar-se é ouvir as opiniões dos outros,  deixando de ser o dono da verdade, é nos respeitar e respeitar o nosso semelhante.  Aceitar-se é caminhar em frente sem medo de errar, pois quando erramos e percebemos nossos erros é bem mais fácil nos modificar.

Muita Paz

Há 208 an0s, no dia 03 de outubro de 1869, nascia  na cidade de  Lyon, na França, Hipollyte Leon Denizard Rivail, o Codificador da Doutrina Espírita. Foi um homem que através de análises, de estudos e de observação codificou, deu forma aos pontos básicos do Espiritismo.

A missão de Allan Kardec, aqui na terra com certeza foi a de codificar a Doutrina Espírita.  Suas principais obras e que são a base para o entendimento da doutrina Espírita são:  ¨ O Livro dos Espíritos ¨ 1857 –  ¨ O Livro dos médiuns ¨ – 1861 –  ¨ o Evangelho Segundo o Espiritismo  ¨- 1864 – ¨ o Céu e o Inferno ¨- 1865 – A Gênese – 1868.

 O Livro dos Espíritos fala do principio da doutrina, da imortalidade da alma, da natureza dos espíritos da relação do encarnado com o desencarnado da vida passada, presente e futura. o Livro dos Médiuns sobre o gênero das manifestações, os meios de comunicação com o mundo espiritual . O Evangelho Segundo o Espiritismo explica os ensinamentos de Jesus levando em conta o mundo espiritual os principios de reencarnação, da pluralidade das existências e dos mundos. o Céu e o inferno fala das penalidades e recompensas futuras, sobre anjos e demõnios. A Gênese, fala da origem e desenvolvimento dos mundos, dos espíritos, dos seres humanos, milagres predições etc..

Allan Kardec foi um homem culto, um cientista, um estudioso, que usou o método intuitivo racionalista, cultivando o espírito de observação na descoberta da verdade,  e com a sua prudência e bom senso  observou sempre a concordância de várias comunicações.  Não foi um profeta, não foi o fundador da Doutrina espírita. Ele nada criou apenas explicou o que sempre aconteceu na humanidade.

Allan Kardec desencarnou no dia 31 de março de 1869, em consequência da ruptura de um aneurisma no coração. Em sua homenagem Camille Flamarion, discursa e deixa escrito no túmulo de Kardec a seguinte frase:  ¨Nascer, morrer, renascer, ainda e progredir sem cesar, tal é a lei ¨. 

Muita Paz

Espíritas amai-vos; espíritas instrui-vos.
Outubro 2012
S T Q Q S S D
« Set   Nov »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 39 outros seguidores