Só podemos dar o que possuimos, portanto não podemos exigir amor de quem não sabe amar. Como esperar consideração, afeto de criaturas que ainda não conseguiram descobrir o amor?  Há seres humanos que ainda estão nos primeiros passos para  conseguir atingir o desenvolvimento  dessa sensibilidade.

Há pessoas que confundem amor com posse, com submissão, exigindo do seu companheiro em nome do amor a desistencia da sua dignidade.    Outros desistem  sua vida escondendo seus conflitos lutando por uma perfeição,  para serem dignos de ser amados, falta-lhes a sinceridade, alegam que amam por isso anulam-se.

Há seres que acreditam que se amam não podem dizer  ¨não ¨ acreditam que dentro dessa passividade serão amados. Infelizmente exigem do outro o que não sabem dar  pois não são os pais,  os filhos ou os conjuge que vão preencher o vazio instalado em sua alma.

Esse comportamento levam sempre a pessoa a concordar sempre com o outro, mas ficam insatisfeitos com a vida que levam.  Disse Jesus que devemos: ¨ Amar a Deus sobre todas as coisas e amar o próximo Como a ti mesmo ¨

Cabe a cada um de nós tentar resolver as nossas carencias afetivas sem exigir amor do outro.  O amor é um sentimento de doação. Não podemos exigir das pessoas amor, gratidão, reconhecimento.  Todos nós temos o direito ao uso do nosso livre arbítrio e o direito de amar e ser amado sem exigências.

Muita Paz

Advertisements