As crianças são criaturas frágeis que esperam a direção que lhes serão  dadas pelos adultos. Grande parte das reações infantis são de responsabilidades do ambiente que foram criadas. O ambiente pode melhorar ou piorar as condições daquele espírito encarnado dependendo da sua personalidade.

 

Muitos pais forçam suas crianças no inicio do seu desenvolvimento a aceitação de suas regras esquecendo-se que seus filhos são espíritos milenares com suas personalidades formadas e não uma página em branco dependendo apenas da educação que agora vai receber.

A individualidade de cada criança deve ser respeitada, observamos que os irmãos mesmo em idades próximas são criados da mesma maneira e são individuos completamente diferente um do outro. Não se pode educar exatamente igual todas as crianças  são seres  diferentes uns  dos outros.

Todas as crianças gostam das mesmas coisas, mas cada um reage de maneira diferente, os adultos devem educar suas crianças baseada na necessidade de cada um e não na deles mesmo. Muitos pais esperam que seus  filhos, realizem o que não puderam e quando isso não acontece  sentem-se  fracassados com as escolhas  dos  seus filhos.

Pais excessivamente rígidos, controladores mesmo que aleguem que são cuidados,  são  tão prejudiciais quanto aqueles que são severos punidores e impacientes, os dois desistimulam a naturalidade  e habilidade infantil. Pais generosos são aqueles que procuram   usar a medida certa na educação das suas crianças, ficando  e aptos a lapidar com amor esses espíritos que não são ¨seus filhos¨ são de Deus,  que ele enviou para serem amados, respeitados e orientados no caminho do bem e do amor.

Muita Paz 

Anúncios