Sentir-se responsável pelo próprio sofrimento é algo muito difícil para nós seres humanos.Normalmente acusamos a vida, a sociedade. Assumirmos que somos vítimas é bem mais fácil. Aprendermos a nos desculpar dos nossos erros culpando aos outros, a nossa criação, nossos pais, o nosso passado.

Não percebemos que somos nós os donos do nosso destino, culpamos o nosso passado, e esquecemos que o presente determina o nosso futuro. Quando acreditamos ser vítimas da fatalidade, apontamos constantemente o mundo como culpado dos nossos infortúnios.

Nos defendemos  dos nossos sofrimentos das nossas  dificuldades, achando sempre culpados para nossos sofrimentos. Na realidade ninguém pode fazer-nos agir ou sentir sem a nossa permissão. Precisamos aprender a assumir o comando da nossa própria vida.

Ao invés de atribuirmos ao mundo e aos outros  as nossas derrotas e fracassos, lembremos que todos os seres tem as suas dificuldades e angústias, mas cabe a nós amenizá-las buscando o entendimento  para atingirmos as metas para dirigirmos a nossa própria existência.

Muita paz