¨ Não é o que entra pela boca que contamina o homem, mas sim o que sai, porque emana do coração¨ Com esse ensinamento  de Jesus Cristo percebemos que através de uma palavra impensada, criamos mágoas e até ódio,  dependendo da intensidade da agressão verbal, para quem ouve.  Podendo também desequilibrar o funcionamento do  corpo e da alma de quem agride. 

A ausência de desequilibrio no ser leva muitas vezes a ofender sem refletir. Ao pronunciarmos palavras inadvertidas ou emitirmos pensamentos de ódio, entramos em sintonia negativa com encarnados e desencarnados, gerando toda uma atmosfera de grande sofrimento.

Cada criatura recebe o que dá, cada alma escolhe o clima espiritual eleito. Até  mesmo uma simples reclamação que nos parece inofensiva resulta em ondas magnéticas que  por nós são agregadas. Ficando à espera para surtir efeito que pode ser a médio ou longo prazo e que vão somando a cada palavra ou pensamento ruim.

Porém muito desses arquivos podem ser alterados para melhor dependendo da mudança de pensamentos e atitudes que ocorrem dentro de nós. Ser feliz ou infeliz não é um destino mais uma opção. Aprendendo a amar ao próximo, perdoando e praticando a caridade encontraremos a felicidade.

Muita Paz

Revista RIE – maio