O ser está incessantemente em busca da felicidade que lhe escapa sem cessar, a felicidade total  não existe neste nosso planeta de provas expiações. Entretanto nos é permitido gozar uma felicidade relativa, procurando entender os ensinamentos do Mestre . Haverá maiores tormentos para os que estão envolvidos com o ciúme a inveja? Não. Para estes não há repouso em seus corações estão sempre incomodados com o sucesso dos seus rivais e constantemente vivendo em sofrimento.

 

Pobres irmãos, que não percebem que amanhã precisará deixar todas essas futilidades que evenenaram suas vidas.  Para eles Jesus deixou estas palavras: ¨Bem aventurados os aflitos, porque serão consolados¨. De quantos tormentos se poupam  aqueles se sabem  contentar-se com o que tem,  sem sentir inveja so seu semelhante, pelo que ele possui ou pelo que é.

Todos falam em infelicidade e sabem contar a sua experiências infelizes, na realidade quase todos se enganam, pois muitos de nós acreditam que a felicidade é a riqueza, o domínio, o poder. Para o ser que só enxega os prazeres materiais, a vaidade, o dinheiro este é realmente infeliz.

Felicidade é descobrir a serenidade dentro do coração, é amar sem esperar ser amado, e seguir os passos do nosso Mestre Jesus quando ele nos ensinou o maior mandamento da lei de Deus. ¨Amarás o Senhor teu Deus, sobre todas as coisas e ao próximo com a ti mesmo¨ Quando conseguirmos entender este ensinamento e conseguirmos por em prática uma pequenina parecela, com certeza começaremos a nos sentir felizes verdadeiramente.

Muita Paz