Vivemos em um país  que se diz cristão onde existem tantas casas religiosas de vários segmentos,  e não estamos conseguindo criar uma sociedade pacífica. Estamos permitindo que as nossas crianças aprendam através dos meios de comunicação  grosserias e violências.

¨Violência na televisão¨

 Os programas infantis são apresentados com muita agressão, onde tudo se resolve com  lutas, socos e mortes. Será que nossas crianças assistindo tanta violência serão adultos pacíficos?  O Brasil conseguiu uma grande vitória contra o cigarro, e o álcool quando começará uma campanha?

O  cigarro causa grande dano a quem usa, isso foi uma grande vitória, mas uma pessoa embriagada causa danos a si mesmo e a muitos que estão a sua volta. Sem falar nas exibições sexuais a qualquer hora do dia. Programas humorísticos e novelas que debocham e exploram as minorias.

Como proceder? Não podemos impedir todos esses fatos comentados, não podemos desejar que as religiões tenham força para impedir tudo isso. Nós espíritas entendemos e devemos fazer a nossa parte na educação das crianças e jovens. Não tentando impedir  que eles tenham conhecimento do que está acontecendo,  o que realmente não conseguiríamos.  Mas orientando principalmente aos pais, para estar mais junto dos filhos explicando a fase em estamos passando, colocando limites nos filhos, mas jamais negando a informação e o amor.

A evangelização das nossas crianças e jovens,  e o apoio aos  pais para superar essa época difícil que estamos vivendo, nos ajudará na formação de adultos conscientes e equilibrados sem precisar escondermos dos nossos filhos  a nossa realidade. 

Muita Paz

Anúncios