O orgulho é um sentimento que modifica a sensiblidade do ser, sendo  induzido a  fechar-se em si mesmo. O ser sente-se forte, mas na realidade sente  medo, teme a queda, considera-se gande conhecedor da verdade, com isso adoecendo sua estrutura emocional com bastante facilidade. Não percebe seus enganos,  nem reconhece a importância do próximo em sua vida.
 

As energias  trocadas com os seus semelhantes são de pouca importância, o orgulhoso  acredita que não tem necessidade de  ninguém. Constrói barreiras em torno de si mesmo,  para se defender do afeto que pode descobrir no contato com o seu próximo.

Sua superioridade não permite nenhum tipo de aprendizado,  que lhe proporcionaria uma renovação mental, evitaria conduzí-lo  ao caminho da enfermidade espiritual. Deus o criou simples e ignorante como todos os seus filhos,  ele se transformou no orgulhoso porque  exagerou no direito do uso do seu livre arbitrio  que Deus  deu-lhe  para sua conservação.

Muita Paz