Em 1859 Charles Darwin publicou o seu livro ¨A Origem das espécies ¨, seu avô já falava das idéias evolucionistas e Darwin pesquisou muito antes de escrever o seu famoso  livro,  aos 23 anos excursionou por todo mundo inclusive passou pelo Brasil e demorou vinte anos para publicar suas conclusões.

Sua mulher Emma, se incomodou muito com a teoria de Darwin por motivos religiosos, tinha medo que o seu marido após a morte não fosse habitar o céu. Ela não podia aceitar a teoria que o homem ¨não é superior a todas as outras espécieis ¨ que a ¨evolução se dá por mutações genéticas¨ e pior e que tem um ¨ancestral comum com o símio ¨.

Charles darwin e Allan Kardec teoria evolucionista

A verdade é que aquelas idéias esclarecedoras para a ciência chegaram em momento oportuno, mas depois da publicação  de ¨O Livro dos Espíritos¨ publicado em 18 de abril de 1857 em Paris. Onde Allan Kardec   distingui  o ¨espírito¨ principio inteligente  comum  aos reinos mineral, vegetal e animal.

O espírita deve conhecer e se interessar os avanços da ciência e entender a interação corpo e espírito que se processa aqui na terra. Albert Einstein afirmou  que a ¨Ciência sem religião é manca e a religião sem a ciência é cega ¨Sabia observação desse cientista importante. Na visão espírita a evolução é bilateral ; do corpo e do espírito.

O Espírita reconhece a importância dos estudos evolucionistas biológicos atuais que confirmam e complementam Darwin. Acredita que a ciência acadêmica e a ciência espírita  encontrarão no futuro  o ¨elo perdido¨ Porém o caminho a percorrer é longo e de muito estudo a que o espírita  não deve se furtar.

Muita Paz

RIE – maio- 2009

Advertisements