Normalmente os grupos de estudo de um Centro Espírita não contam com o interesse dos participantes da casa. Por mais que seja explicado a necessidade do estudo, por mais que seja mostrado a importãncia do conhecimento da Doutrina, as pessoas preferem os outros tipos de reunião.  Por que?

O próprio codificador nos orientou ¨Espíritas amai-vos; espirítas instruí-vos¨. Na verdade as pessoas buscam o Centro Espírita  para a solução dos seus problemas materiais, não penam no seu futuro espiritual. Grupos mediúnicos, grupos públicos, tem a preferência dos frequentadores da casa.

Apesar de reconhecermos que o importante é a qualidade e não a quantidade, ainda ficamos tristes, quando percebemos a casa vazia no dia de estudo da doutrina. O que todo dirigente de grupo de estudo precisa avaliar é que ,  onde há duas  ou três pessoas reunidas  em nome de Jesus, o trabalho é produtivo .

Se algumas poucas pessoas estudam e aprendem, são assíduos , não importam quantas sejam. São multiplicadores  da doutrina dos ensinamentos dados por Jesus. Cada participante leva o que aprende para outras pessoas seja na família na comunidade, seja no atendimento que dá dentro da própria casa.

A espiritualidade ampara e prepara seja o número de pessoas que estiverem dispostas a aprender,  sejam encarnados ou desencarnados. o importante é:  que haja,  muitos,  pequenos grupos estudando, somos agentes multiplicadores das palavras do Nosso Mestre Jesus. e agradeçamos a Deus a superação de muitos dos nossos defeitos como a preguiça, desânimo e o comodismo.

Nada será impedimento para quem quer entender melhor a nossa Doutrina. E pontualmente  nos dias de estudo estaremos firmes em nossos postos. Jesus nos aconselhou  ¨Faz que o céu te ajudará ¨

Muita Paz 

Anúncios