Hoje aqui no Brasil comemora-se o dias mães. Muitos reclamam pois o comércio faz uma grande propaganda, e termina forçando-os a presentear suas mães. Mas fica aqui a homenagem a todas as mães. E também a muitos pais, que na falta da mãe dos seus filhos, tornaram-se  verdadeiro pãe. O homem dedicando aos filhos o amor que a mãe por vários motivos não pode dar. Nossa homenagem também a todas as mulheres que não são mães biológicas, mas que amam os seus filhos do coração. As mães substitutas, como avós, tias e madrastas, que dão amor aos filhos que  não geraram. 

 

Feliz dia das mães

 Não há como negar que o comércio, aproveita uma data como essa para faturar. Mas na verdade, muitos filhos só lembram das suas mães quando ouvem a propaganda do comércio,  a sociedade os obriga a fazer, o que poderia ser feito várias vezes durante o ano. Um presente, uma flor, um beijo, uma palavra de carinho, para quem nos deu muito tempo o seu amor incondicional.

A comemoração do dias das mães é feita desde a Grécia antiga, quando as homenagens eram feitas para as mães dos Deuses.

Nos estados Unidos houve uma sugestão para essa comemoração em 1872, mas  essa comemoração só foi oficializada  em 1914, pelo então presidente da época. Isso em consequencia de uma jovem que perdeu sua mãe, no início do século XX e entrou em profunda depressão, e suas amigas resolveram perpetuar a memória da mãe de Annie , promovendo uma festa.

Annie, ficou emocionada com a festa, e quis que fosse dedicada a todas as mães vivas ou mortas, e repetiram a festa muitos anos seguidos , até que essa comemoração, se alastrou por todo os Estados Unidos, até ser oficializada para o dia 09 de maio.

Em várias países acontece essa comemoração, com datas fixas os móveis como aqui no Brasil.

Claro que existem mães que negligenciaram, nos deveres com seus filhos, abandonando-os, maltratando-os fisicamente, e emocionalmente,  não conseguindo cumprir a  sagrada missão da maternidade. Porém não nos compete julgar o nosso semelhante, especialmente quando esse semelhante é a nossa mãe.

Podemos ter muita mágoa, podemos até não amá-las, mas foram elas que nos deram a vida, foi a mãe que Deus nos deu, e isso não foi por acaso. Pois o acaso não existe. Perdoar essas criaturas que não foram boas mães, é entender o ensino de Jesus, quando nos ensinou a ¨Piedade Filial¨

Nós espíritas que sabemos das leis da reencarnação sabemos que aceitamos as nossas mães e que elas nos aceitaram na hora da nossa programação. Quando deixarmos a terra levaremos apenas o que de bom e ruim fizemos, e nesse caso precisamos exercitar o perdão.

Nem todos somos pais ou mães, mas todos somos filhos. E nesse dia das mães e todos os dias, lembremos das palavras do apóstolo Paulo, que está na primeira epístola de Paulo a Timóteo: Capítulo 5 versículo 8;

¨Mas se alguém não tem cuidado primeiramente, com os da sua família negou a fé¨

Se nossa mãe ainda for viva e tivermos alguma mágoa, vamos tentar  reconciliar-nos. Perdoando a quem nos deu a vida.

Se nossas mães já partiram, ou não soubermos onde elas estão. Vamos também perdoar e pedir ao Pai, para que nossas orações cheguem até elas onde estiverem.

Pois Jesus na sua grande sabedoria, também nos ensinou que ¨O amor cobre uma multidão de pecados ¨

Muita paz