Para nós que somos  espíritas,  o grupo familiar é aquele  que precisamos estar na atual reencarnação,  para que possa acontecer a   reconciiação,  com os nossos adversários do passado. Perdoar aqueles que nos fizeram sofrer, e sermos perdoados, aos  que nós fizemos sofrer.

Mas quando chegamos aqui, esquecemos tudo que foi combinado na hora da nossa programação,  e o que queremos é uma família unida e  feliz, muito perto de nós, queremos que nossos filhos nos amem, e que casem com pessoas que nos admire, netos nem falar, amamos sem goísmo,  e não exigimos tanto como fazíamos com os nossos  filhos.

 

A família reunida

Mas em certa época da vida,  fica um pouco mais complicado administrar essa união. As pessoas que entram na nossa vida, não são como desejamos que fossem, cada uma tem o seu livre arbítrio, suas qualidades e seus defeitos.

Reunir todos! Como é bom quando conseguimos, chegamos até a nos emocionar, e choramos de alegria às vezes de raiva pela imcompreensão de alguns. Mas precisamos ficar atento, colocando um tempero aqui outro ali, para controlar a situação. Ninguém tem a família perfeita, pois todos nós estamos na terra em aprendizado. Vamos aprendendo aos poucos, a lidar com a nossa família, improvisando, transmitindo um pouco de amor, tentando harmonizar para tê-los por perto.

Bem mais tarde muita coisa se perde na lembrança, Mas queremos estar perto. Saborear os bons momentos que ao longo da vida com certeza houve muitos.

E agradecer a Deus, a reconciliação que conseguimos com alguns.  nessa jornada terrestre. Os que não conseguimos, esperar nova oportunidade de convivência , em futuros encontros,  através das próximas reencanações.

Com a certeza,  Jesus nosso Mestre amado, estará sempre  ao nosso lado em todos os momentos da nossa vida.

 Muita paz

Advertisements