Criacionismo – teoria da origem dos seres por criação à evolução espontânea.  Darwinismo – representa a doutrina de Charles Darwin, sobre a evolução dos seres vivos.

O Espiritismo explica na Revista Espírita de julho  de 1868,  nas  páginas 201 a 206 em que trata da geração espontanea e da Gênese,  com o  bom senso, que merece  as duas teorias, e coloca, que tudo pode ser explicado na ação do principio inteligente que é o espírito,  Pode-se  entender a questão, lembrando da lei de ação e reação, que não se pode explicar os efeitos sem as causas.

Em ¨O Livro dos Espíritos ¨ questões 585 a 610. encontramos o principio inteligente  demonstrando  que ¨tudo  na natureza se encadeia, tudo se harmoniza e que existem leis gerais,   que não deixam de corresponder a sabedoria do criador. Não há estagnação no criacionismo, nem evolução apenas no mundo material como pensou   Darwin.

Mas não necessidade, de apenas crer, no progresso incessante do espírito, sem  passar pela fase do mineral pela  vegetal e  animal até chegar a humanimalidade,  onde a alma começa a preparar-se  para encarnar. Essas diversas fases existem  e é preciso  fases intermediárias  até  começarem  as transformações sucessivas.

A Ciencia avançará , em suas pesquisas e encontrará as respostas para o lado espiritual da vida, e para  o principio inteligente nas plantas e animais.

Muita paz