Os magnetizadores     espiritualistas do tempo de Kardec seguiam a teoria criada por Mesmer. Havia um grupo menor, os fluidistas, que acreditava numa energia material que impregnava o corpo do doente para curá-lo – equivalente à energia elétrica atuante nos nervos, Essa possibilidade foi negada quando as forças materiais foram todas  medidas pelos fisicos. A teoria do fluido cósmico universal proposta por Mesmer, com a energial vital vibrando acima da luz, prevalece como verdade ainda não compreendida pela ciência materialista, Explica Kardec na Revista Espírita: ¨De todos os tempos , os magnetistas estiveram divididos  em dois campos: Os espiritualistas e os fluidistas; estes últimos, muito menos numerosos, fazendo ao menos abstração  do principio espiritual, quando não o negam  absolutamente, tudo relacionam com a ação do fluido material; consequentemente, estão em opsição de principios com os espíritas. ora, há de se observar que, se todos os magnetistas não são espíritas, todos os espíritas, sem exceção, admitem o Magnetismo. Em todas as circunstâncias, deles se fizeram os defensores  e os sustentáculos.(PHF)

Muita paz