Não penseis que vim destruir a lei ou os profetas; não vim para destruí-los, mas para dar-lhes cumprimento. Porque em verdade vos digo que o céu e a terra não passarão, até que não se cumpra tudo quanto está na lei, até o último jota e o último ponto.                                                 Mateus, V; 17-18

Com estas palavras Jesus Cristo, afirma que não veio destruir a lei que já estava implantada na terra, ele  veio ajudar a humanidade a entender as leis de Deus nosso Pai. Quanto as leis de Moisés, ele não veio modificá-las, pois as leis que foram  ditadas por Deus,  são imutáveis.

Jesus combateu constantemente o abuso das práticas exteriores e as falsas interpretações, e para que todos pudessem entender ele deu o maior ensinamento que é ¨Amar a Deus sobre todas as coisas, e ao próximo como a si mesmo¨

Jesus ensinou que a lei de Deus deve ser cumprida por todos  seus filhos, portanto todos somos  objetos da mesma solicitude. Mas Jesus nada veio impor, sua missão era ensinar, sua sabedoria decorria da natureza excepcional do seu espírito e da importância da sua missão. Jesus falou de tudo, mas nem todos tinham condições de entender os seus ensinamentos, por isso ele prometeu um Consolador que traria as verdades no momento oportuno.

O Cristo que foi o iniciador da mais pura moral, veio com a principal missão de unir os homens e aproximá-los de Deus, e ele mandou como a Terceira Revelação o Espiritismo, essa doutrina consoladora e esclarecedora, que agora muitos já tem condições de entender.

Foi Moisés quem abriu o caminho; Jesus Cristo continuou a obra; O Espiritismo a concluirá.

Muita Paz

                                                                         O Evangelho Segundo o Espiritismo

Advertisements